Decidiu se mudar para os EUA? Saiba como começar um planejamento.

turista-1.jpg.webp
Não é novidade que a cada ano que passa mais brasileiros decidem deixar o país. Os inúmeros fatores como falta de segurança, instabilidade da economia e política são os maiores indicadores que levam a essa decisão. Em 2018, o percentual de imigrantes que se mudaram para os Estados Unidos subiu 74% em relação a 2015.
Mas depois de tomar essa decisão, é preciso começar um planejamento adequado para que essa mudança de país seja assertiva, segura e feliz para todos os envolvidos.

Mudar para os Estados Unidos não se trata somente de valores gastos para isso. Por mais acostumados que possamos estar em visitar o país, morar lá exige outro grau de entendimento cultural e até empresarial, já que a principal preocupação da maioria das famílias é se estabelecer de uma maneira sólida e segura.
Por conta disso, é importante se atentar a diversos fatores em questão a difícil decisão de se mudar para os Estados Unidos. Primeiramente, é importante ressaltar que a mudança começa no dia que é tomada a decisão de ir embora, o tempo que leva para isso se concretizar varia de acordo com o visto que mais se encaixa com você ou com o capital disponível.

É necessário “existir” nos EUA antes de se mudar para lá. A Morar-EUA te auxilia a criar uma empresa e abrir uma conta jurídica no banco para manter uma renda em dólar. Depois de um tempo, passará a não converter mais seu dinheiro, pois já existe um ganho em dólar na sua conta. E como gerar essa renda? Vale a pena começar com investimentos seguros que dão um pouco de know how tributário nos Estados Unidos. Nesse início, você passa a obter um conhecimento mais abrangente de contabilidade, ou seja, começa a inserção na cultura financeira americana.

O local escolhido para a mudança deve ser muito bem conhecido antes de definido. Entender o estilo de vida de uma cidade, envolvendo tanto custo de vida como oportunidade de negócios, e como a família iria se adaptar no local é essencial para a sua satisfação quando de fato a mudança acontecer.
Costumo dizer que não é você que escolhe o visto, é o visto que escolhe você. É necessário preencher os pré requisitos para a aplicação dos mais de 80 tipos de vistos. Talvez o ponto mais importante de todo esse processo é a definição do visto que será aplicado, pois envolve diretamente quais os parâmetros que você poderá viver nos Estados Unidos.

Caso tenha filhos, é necessário prestar atenção na escolha de escolas públicas. Nos Estados Unidos, as escolas públicas atendem apenas alunos que moram dentro da área demarcada pelo zip code (CEP dos americanos). O zip code da casa onde gostariam de morar tem que ser compatível com o da escola.
A busca de profissionais qualificados neste processo é essencial, pois é uma situação delicada, que muda a sua vida a partir daquele momento. Enfrentando o desconhecido, não tem como chegar despreparado, portanto o acompanhamento e a seriedade dos envolvidos é o que irá te guiar para o mais próximo do que chamamos de sucesso. Por isso a Morar-EUA faz a assessoria completa para sua mudança ser mais segura e assertiva.